Dicas » Bagagem – Demais informações

d8d196bfec4aa41ca76c627a6620285b26064Bagagem a ser Despachada

A bagagem despachada é a que vai no porão do avião. Para estes casos, cada cliente adulto tem direito a até 2 malas com peso total de 23 kg, conforme a Alínea B do Artigo 37 da Portaria 676, de 13 de novembro de 2000 da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Todas as bagagens especiais, independente de estarem ou não dentro da franquia permitida ao cliente, sofrem taxação exclusiva. Por se tratar de bagagem de difícil acomodação, taxa extra de transporte de R$ 100,00 que será convertido na moeda do país em que a bagagem especial está sendo embarcada.

• Itens que são considerados como bagagem especial:

– Vara de pescar (por porta-vara)*
– Prancha de surf (por unidade)
– Bicicleta (por unidade)
– Ski / snow board (por unidade)
– Arco e flecha – por bolsa (se despachado)
– Kitesurf (por unidade)
– Patinete (por unidade)

* O transporte do primeiro porta-vara será gratuito. A cobrança da taxa será realizada a partir da segunda unidade.

• Itens que não são considerados bagagem especial e que são inclusos na franquia de bagagem (será cobrado excesso normalmente, caso ultrapasse a franquia):

– Bolsa de golf
– Skate
– Boliche
– Bodyboard
– Bolas (têm que estar vazias)
– Patins

• Itens que devem ser despachados como carga separada:

– Caiaque
– Windsurf

Crianças até 2 anos incompletos viajam gratuitamente, sem direito a bagagem, desde que viaje no colo de uma pessoa maior de 12 anos, que a esteja acompanhando. Crianças entre 2 e 12 anos incompletos têm direito a até 2 malas com peso total somado de 11,5 kg de bagagem.

A bagagem que exceder a franquia permitida será considerada excesso, sendo cobrado 0,5% da tarifa econômica normal (Y) para voos domésticos ou 1% da tarifa econômica normal (Y) de ida para voos internacionais, por kg em excesso e poderá ser despachada como carga desacompanhada em um próximo voo.

Objetos Proibidos:
Conforme Portaria 676 da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a bagagem de mão ou a despachada não poderá conter os seguintes itens:

a) dispositivos de alarme;

b) explosivos, inclusive cartuchos vazios, munições, material pirotécnico, armas de caça, armas portáteis e fogos de artifício;

c) gases (inflamáveis, não inflamáveis e venenosos), tais como butano, oxigênio, propano e cilindros de oxigênio;

d) líquidos inflamáveis usados como combustível para isqueiros, aquecimento ou outras aplicações;

e) sólidos inflamáveis, tais como fósforo e artigos de fácil ignição;

f) substância de combustão espontânea;

g) substância que, em contato com a água, emita gases inflamáveis;

h) materiais oxidantes, tais como pó de cal, descorantes químicos e peróxidos;

i) substâncias venenosas (tóxicas) e infecciosas, tais como arsênio, cianidas, inseticidas e desfolhantes;

j) materiais radioativos;

l) materiais corrosivos, tais como mercúrio, ácidos, alcalóides e baterias com líquido corrosivo;

m) materiais magnéticos;

n) agentes biológicos, tais como bactérias e vírus;

o) produtos perecíveis contendo gelo em barras ou cubos soltos no interior da embalagem;

p) quaisquer tipos de tinta (inclusive serigráfica).

Lembramos que a enumeração contida nas alíneas deste artigo não é exaustiva, podendo ser ampliada por legislação específica. Além disso, o proprietário da bagagem responde pelos danos que vier a causar ao transportador aéreo ou a qualquer outra pessoa pela inobservância das proibições estabelecidas neste artigo.

Todos os produtos perecíveis e alimentícios, comestíveis em geral, tais como peixes, crustáceos e demais frutos do mar, frescos ou congelados, devem ser acomodados em embalagem à prova de vazamentos, abertura acidental ou mau cheiro. O produto deve estar embalado internamente em saco plástico à prova de vazamento e a embalagem externa deve ser de isopor revestido com um saco plástico resistente. Somente será permitido o embarque de gelo em forma de gel ou em sacos plásticos isolados e herméticos. Caso a embalagem seja inadequada e verificando-se que ela pode danificar o veículo ou outras bagagens dos demais passageiros, poderá a Gol recusar o produto e negar o seu transporte.

Conforme os regulamentos da Aviação Civil, a Gol poderá inspecionar o conteúdo interno das caixas de isopor para examinar as condições de embalagem.

Para o caso de transporte de armas, deverão ser observadas as restrições e instruções especiais tratadas em legislação específica.

Só serão transportadas cadeiras de rodas motorizadas com baterias em gel. Demais cadeiras serão embarcadas sem as suas devidas baterias.

Caso tenha dúvidas sobre quaisquer tipos de materiais, entre em contato com a Central de Relacionamento com o Cliente (CRC): 0800- 704- 0465.

Atrasos ou Danos:
Em caso de violação, danos, extravio, ou qualquer anormalidade com a bagagem ou com objetos esquecidos na aeronave, o cliente deverá procurar os atendentes da Companhia Aérea antes de deixar a sala de desembarque.

Ao receber as bagagens sem a imediata constatação de qualquer irregularidade, presumiremos que o cliente verificou o seu bom estado ao deixar os limites da sala de desembarque.



Imprimir? Imprimir?

Barraca

Av. Dom Luis, 176 - 12ª Andar. Aldeota
Fortaleza - CE, CEP: 60.160-230
Fone: (85) 3462.5859 / Fax: (85) 3462.5858